Flu empata com Bota e deixa liderança escapar

[ ]O Fluminense teve na noite de ontem mais uma nova chance de reassumir a liderança do Brasileiro, aproveitando o tropeço mais cedo do Cruzeiro frente ao Grêmio, Porém, mais uma vez a equipe treinada por Muricy Ramalho deixou a oportunidade escapar ao só empatar por 0 a 0 com o Botafogo, no Engenhão.

, O Estado de S.Paulo

18 de outubro de 2010 | 00h00

Depois de um primeiro tempo de muitas chances, mas de nenhum gols, os jogadores das duas equipes falaram no intervalo de suas esperanças de que no segundo tempo tudo mudaria.

"Não soubemos aproveitar as chances que criamos", explicava o volante tricolor Diguinho. O centroavante Washington, seu companheiro de time, seguia a mesma toada: "Faltou a bola entrar e no finalzinho caímos um pouco de produção." Ao que o goleiro botafoguense Jefferson retrucava: "Sabia que seria bastante exigido, mas no segundo tempo vamos melhorar."

Mas a verdade é que na segunda etapa o panorama do jogo permaneceu sem muita mudança, com o Fluminense mais perigoso e com o Botafogo se defendendo bem e procurando o contra-ataque.

Outros jogos. Em Sete Lagoas, o Atlético-MG venceu o Avaí por 2 a 0 (gols de Rafael Cruz e Neto Berola) e chegou a deixar a zona do rebaixamento, mas à noite, como o Vitória venceu o Grêmio Prudente também por 2 a 0 (gols do goleiro Viáfara, de pênalti, e de Júnior), o time mineiro voltou a cair para a 17.ª colocação. De qualquer maneira, o Avaí, caiu para o 18.º lugar.

Quem saiu da zona do rebaixamento foi o outro Atlético, o de Goiás, que venceu o Vasco, em Goiânia, pelos mesmos por 2 a 0 (gols de Anailson e do goleiro Márcio, de pênalti).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.