Flu promete empenho no jogo da festa

Apesar da dispersão nos últimos dias, com comemorações, entrevistas, compromissos com patrocinadores e reuniões para reavaliar salários e contratos, os jogadores do Fluminense prometem todo empenho possível para vencer o Cruzeiro, hoje, às 17 horas, no Engenhão.

SÍLVIO BARSETTI / RIO, O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2012 | 02h01

O jogo vai ser uma festa, pelo menos antes de a bola rolar. O campeão brasileiro vai dar a volta olímpica com o troféu da competição e receberá medalhas. A torcida exibirá um mosaico para homenagear o "time de guerreiros". Todos os 35.770 ingressos foram vendidos.

Para o técnico Abel Braga, o Fluminense tem de vencer os três jogos restantes - além de Cruzeiro, Sport e Vasco. Desta forma, conseguiria bater recorde do próprio Cruzeiro que, em 2003, teve aproveitamento de 72.5% na campanha do título. O Fluminense não poderá contar com Wellington Nem, Carlinhos, Anderson e Wagner.

Vice. Com o zagueiro Réver, que retornou ao Brasil depois do amistoso contra a Colômbia, do volante Leandro Donizete e do atacante Jô, que cumpriram suspensão, Atlético-MG terá a escalação ideal para enfrentar o Atlético-GO, no Estádio Independência. Na luta pelo segundo lugar, o Galo precisa vencer e ainda torcer por um tropeço do Grêmio contra a Portuguesa. A diferença hoje é de um ponto para os gaúchos (66 a 65).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.