Flu só pensa em soltar a voz de campeão

O Fluminense precisa de quatro pontos para ser campeão sem depender dos resultados de Atlético-MG e Grêmio, segundo e terceiro colocados. Uma vitória sobre o desesperado Palmeiras, coloca o Tricolor em posição de conquistar a taça diante de sua torcida no dia 18, contra o Cruzeiro, no Engenhão. Mas pergunte ao técnico Abel Braga e aos jogadores se eles estão relaxados, na expectativa por fazer a festa no Rio. Ninguém quer dar sopa para o azar. O objetivo é conquistar o segundo título nacional em três anos o quanto antes.

O Estado de S.Paulo

11 de novembro de 2012 | 02h02

"Sabemos que o Palmeiras está em situação delicada, mas o Fluminense é grande e vai jogar para vencer. Queremos terminar logo com isso o quanto antes", comentou o lateral Bruno.

O treinador e a sua comissão técnica do Fluminense dedicaram especial atenção para preparar os jogadores para o clima hostil que vão encontrar em Prudente. O temor de violência é grande, diante da situação crítica por que passa o rival paulista.

"Nossa preocupação é apenas dentro de campo. Fora dele, a segurança é preocupação do clube anfitrião. Vamos procurar fazer nosso jogo", discursou Abel.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.