Fluminense faz treino leve com presença do reforço argentino Claudio Aquino

O Fluminense fez neste sábado o último treino antes da partida contra o Atlético-PR, domingo, na Arena da Baixada, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os jogadores fizeram um treino leve com a presença de centenas de torcedores na arquibancada por conta da festa de 114 anos do clube.

Estadão Conteúdo

23 de julho de 2016 | 15h20

A novidade ficou por conta do meia Claudio Aquino, que retornou da Argentina, onde foi resolver detalhes burocráticos da transferência para o Fluminense. Inicialmente, ele fez um trabalho físico na academia, enquanto o restante do elenco participou do rachão.

Na sequência, o novo reforço participou de um treino técnico ao lado dos outros jogadores recém-contratados: Marquinho, Wellington, Alexis e Danilinho. Além deles, participaram da atividade outros atletas que não foram relacionados para a partida.

O técnico Levir Culpi já havia confirmado a escalação da equipe que enfrentará o Atlético-PR. A única alteração em relação à vitória sobre o Cruzeiro por 2 a 0 na última rodada será a volta de Wellington Silva na lateral direita no lugar de Jonathan. O time deve entrar em campo com: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Douglas, Cícero e Marcos Júnior; Maranhão, Samuel e Richarlison.

O Fluminense é o décimo colocado na classificação do Campeonato Brasileiro, com 21 pontos. E a expectativa é que a equipe some mais três pontos, pois o retrospecto recente na Arena da Baixada é positivo.

Nas duas últimas vezes em que esteve no estádio do Atlético-PR, o time saiu vitorioso. Em 2014 venceu por 3 a 0 e no ano passado bateu os donos da casa por 2 a 1. Ainda, em 20 de abril deste ano, as duas equipes fizeram a decisão da Copa Sul-Minas-Rio. O Fluminense levantou o troféu após vencer por 1 a 0, com gol do atacante Marcos Junior.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.