Nelson Perez/Divulgação
Nelson Perez/Divulgação

Fluminense vence Barra Mansa com dois de Fred e mantém sonho de vaga

Equipe está dois pontos atrás de Botafogo, Vasco e Madureira

RONALD LINCOLN JR., O Estado de S. Paulo

29 Março 2015 | 21h09

Fred marcou duas vezes e manteve o Fluminense vivo na briga por uma vaga nas semifinais do Campeonato Carioca. O Tricolor carioca venceu o Barra Mansa por 4 a 2 neste domingo, no estádio Cláudio Moacyr, e chegou a 28 pontos, dois abaixo do G-4. Agora Fred soma nove gols na competição e divide a artilharia com Marcelo Cirino, do Flamengo, e Pinho, do Madureira. Os jovens Gerson e Kenedy completaram o placar para os mandantes.

Aos cinco minutos do primeiro tempo, parte dos refletores do estádio apagaram e a partida ficou paralisada por 12 minutos. Sob forte chuva, o duelo foi bastante equilibrado. Em sua segunda partida no comando do Fluminense, o técnico Ricardo Drubscky viu seu time oscilar bons e maus momentos, mas ser fatal nas situações decisivas. Os visitantes poderiam ter saído com um resultado favorável se não perdessem tantas chances. O revés deixou o Barra Mansa na 13ª posição, a um ponto da zona de rebaixamento.

O Fluminense tomou controle do jogo nos momentos iniciais, fazia boas triangulações e mantinha seu jogo no campo do adversário. O Barra Mansa, por sua vez, era muito rápido quando recuperava a bola e pegava quase sempre pegava a defesa adversária desorganizada. Assim, aos 13, Hudson recebeu nas costas de Gum, invadiu a área e marcou.

Fred respondeu em seguida com um bom chute defendido por Thiago Leal. Mas, na sequência, Kenedy acertou bom passe e, dessa vez, o centroavante não desperdiçou, marcando o gol de empate. Em seguida, foi a vez de Kenedy receber cruzamento e virar: 2 a 1. O Barra Mansa não se abateu e seguiu criando ótimas chances, principalmente com o veloz Vitinho.

A equipe visitante voltou do intervalo melhor e tomou conta do jogo. Caíque, Hudson e Vitinho chegavam com facilidade e perigo à área do Fluminense, que tentava resistir. Em uma boa trama do Barra Mansa, Giovanni desviou com o braço um cruzamento dentro da área, mas o árbitro não marcou pênalti.

O Fluminense conseguiu acalmar o ritmo do jogo e passou a dominar a partida. Aos 33 minutos, Fred marcou pela segunda vez, após receber cruzamento de Wellington Silva. Um minuto depois, Gerson ampliou o resultado. Abatido, o Barra Mansa seguiu pressionando e marcou o segundo, com Jean. Porém, não foi suficiente para a equipe, que viu sua vida se complicar na luta para fugir do rebaixamento.

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 4 X 2 BARRA MANSA

FLUMINENSE - Cavalieri; Wellington Silva, Gum (Victor Oliveira), Marlon, Giovanni; Jean, Edson, Gerson, Wagner (Vinícius); Kenedy (Marlone) e Fred. Técnico - Ricardo Drubscky.

BARRA MANSA - Thiago Leal; Dudu (Jefferson), Romulo, Thiagão e Nandinho; Sena, Rafael, Maicol (Rodriguinho) e Vitinho; Caíque (Jean) e Hudson. Técnico - Manoel Neto.

GOLS - Hudson, aos 13, Fred, aos 17, e Kenedy, aos 32 minutos do primeiro tempo; Fred, aos 33, Gerson, aos 34, e Jean, aos 44 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Luiz Antônio Silva dos Santos.

CARTÕES AMARELOS - Wellington Silva, Kenedy (Fluminense); Nandinho (Barra Mansa).

PÚBLICO - 861 pagantes (1.025 no total).

RENDA - R$ 16.065,00.

LOCAL - Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé.

Mais conteúdo sobre:
CAMPEONATO CARIOCA FLUMINENSE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.