Abelardo Mendes Jr/rededoesporte.gov.br
Abelardo Mendes Jr/rededoesporte.gov.br

Focada, Bruna Takahashi quer a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos

Atleta do tênis de mesa garante vaga em Tóquio-2020 se conseguir o primeiro lugar no torneio de simples

Paulo Favero, enviado especial a Lima, O Estado de S.Paulo

02 de agosto de 2019 | 04h30

Aos 19 anos, Bruna Takahashi tem uma trajetória curiosa na curta carreira no tênis de mesa. Ela já disputou a Olimpíada do Rio, em 2016, os Jogos Olímpicos da Juventude, em Buenos Aires, no ano passado, mas em Lima disputará seu primeiro Jogos Pan-Americanos. “Será minha primeira vez nos Jogos Pan-Americanos e fico na expectativa. Estou evoluindo bastante e estou com uma expectativa muito grande de conseguir essa classificatória, de obter o ouro”, disse.

Em Lima, a atleta do tênis de mesa vai disputar quatro categorias: individual, equipe, dupla mista e dupla feminina. Se conseguir o primeiro lugar no torneio de simples, carimba vaga para os Jogos de Tóquio, no próximo ano. “Sei que vai ser bem difícil, pois nos Jogos Pan-Americanos tudo pode acontecer, sei que é difícil lidar com a pressão, mas estou me preparando bem”, comentou.

Se não conquistar a vaga olímpica no Pan, Bruna terá outras chances de se classificar para Tóquio, como no Campeonato Latino-Americano de equipe e em outra competição posterior que dá vaga para os finalistas. Mas para seu planejamento, o melhor seria conseguir logo a vaga olímpica.

“Estou bem feliz por poder disputar essas provas no Pan e vou dar me máximo para classificar. Estou me preparando desde o começo do ano e a gente sabe que será duro. Minhas principais adversárias são a Adriana Diaz, de Porto Rico, as duas atletas dos Estados Unidos e a Yadira Silva, que é do México. Todas são difíceis, tenho de estar preparada para meu objetivo”, afirmou a brasileira, que inicia sua participação na modalidade em Lima no domingo.

Para Entender

Pan-Americanos 2019: saiba como assistir ao torneio que será disputado em Lima

Competição vai ter transmissão ao vivo na TV aberta, fechada e online

Nas duplas, Bruna vai jogar com Jessica Yamada no feminino e nas mistas fará parceria com Gustavo Tsuboi. “Ele é canhoto e nosso jogo se encaixa bem. Tivemos um período de treinamentos de duplas e isso foi muito importante para o entrosamento”, avisou a atleta, que começará sua participação em simples na segunda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.