Foreman diz que excesso de peso derrubou boxe dos EUA

Ex-campeão mundial dos pesos pesados critica boxeadores do país durante lançamento de uma linha de grills

Efe,

03 de outubro de 2007 | 09h50

O ex-campeão mundial dos pesos pesados George Foreman afirmou na noite desta terça-feira, no México, que os boxeadores dos Estados Unidos perderam a supremacia nesta categoria por terem ficado muito "gordos". "Nos EUA, os pugilistas ficaram gordos e fora de forma", disse Foreman durante o lançamento no México de sua linha de grills elétricos. Segundo o ex-campeão, os boxeadores norte-americanos dos pesos pesados "têm que emagrecer". "Voltaremos a recuperar o título dos pesos pesados quando eles recuperarem a fome de vitórias", declarou Foreman, de 58 anos e campeão mundial em duas oportunidades, em 1973 e 1993.

Tudo o que sabemos sobre:
BoxeGeorge Foreman

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.