Duda Bairros/VIcar
Duda Bairros/VIcar

Marcos Gomes bate na 1ª bateria, mas amplia folga na Stock Car

Lucas Foresti e Max Wilson são os vencedores em Curitiba

Estadão Conteúdo

18 de outubro de 2015 | 16h29

Prejudicado por acidente que lhe obrigou a abandonar a primeira corrida da etapa de Curitiba da Stock Car, Marcos Gomes se recuperou na prova seguinte, chegou em quarto lugar e ampliou a vantagem na liderança do campeonato. Na abertura, Lucas Foresti subiu ao lugar mais alto do pódio pela primeira vez na carreira. Já Max Wilson venceu a segunda bateria.

Com os resultados da décima etapa, Gomes se manteve na ponta da tabela, com 220 pontos, contra 183 de Cacá Bueno. Ainda restam duas etapas para o final da atual temporada da Stock Car.

A primeira corrida começou de maneira muito agitada. Logo após a largada, um acidente envolvendo diversos pilotos acabou por tirar da prova Marcos Gomes, além de Diego Nunes e Ricardo Zonta. Rubens Barrichello, Cacá Bueno e Daniel Serra também se prejudicaram na batida, mas seguiram na prova.

Com um bom começo de corrida, Átila Abreu assumiu a ponta e manteve uma liderança confortável. No entanto, descumpriu ordem da direção de prova para reparar a luz de freio do seu carro e foi eliminado. Pouco antes da desclassificação de Abreu, Thiago Camilo havia assumido a ponta.

Com Átila fora da prova, seu companheiro Lucas Foresti brilhou na estratégia. Após trocar apenas um pneu, contra dois da maioria dos adversários, o piloto assumiu o primeiro lugar, e segurou as investidas de Allam Khodair para receber a bandeira quadriculada. Ricardo Maurício ficou em terceiro lugar e completou o pódio, ficando à frente de Luciano Burti.

CORRIDA 2

Se a abertura foi para Marcos Gomes esquecer, a segunda corrida dificilmente será apagada da memória. Após largar em 31.º e penúltimo lugar, o piloto fez uma excelente recuperação e cruzou a linha de chegada em quarto lugar, contando ainda com o abandono de Cacá Bueno - que havia sido o 13.º na bateria anterior - para abrir vantagem na disputa pelo título da Stock Car.

Denis Navarro largou na pole, pois foi o décimo colocado na primeira prova, e novamente aconteceu um acidente no início. Valdeno Brito rodou e foi acertado pelos carros que vinham atrás.

Após a entrada do safety car, a corrida teve relargada na terceira volta com Khodair em primeiro, seguido por Max Wilson, Thiago Camilo e Denis Navarro. Cacá Bueno e Marcos Gomes travavam a briga por pontos na parte intermediária, em 13.º e 14.º, respectivamente.

Com problemas no capô, Cacá acabou abandonando a prova, beneficiando Gomes. Na ponta, Wilson pressionava Khodair e conseguiu uma bela ultrapassagem na volta 16. Em seguida, Ricardo Maurício, embalado pelas ultrapassagens no pelotão da frente, assumiu o segundo lugar. Somente na última volta, Thiago Camilo conseguiu o terceiro lugar no pódio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.