Fortaleza tem protesto contra Copa das Confederações

Manifestação pelas ruas da capital cearense transcorreu de maneira pacífica

SILVIO BARSETTI, Agência Estado

17 de junho de 2013 | 18h16

FORTALEZA - A presença da

A ideia inicial dos coordenadores da manifestação era ir até os arredores do estádio, mas, como havia uma outra multidão por lá - torcedores que foram ao Presidente Vargas para acompanhar o treino da seleção -, não quiseram misturar os dois públicos e preferiram evitar confusão.

Assim, a manifestação optou por fazer uma longa caminhada até o centro de Fortaleza, bloqueando o trânsito nas principais avenidas pelo caminho. "Fifa devolva o nosso dinheiro" e "Queremos saúde e educação. Fora Copa" foram alguns dos cartazes que eram carregados no protesto.

Segundo o major Tomaz, da Polícia Militar, o protesto reuniria cerca de 600 pessoas. Mas os coordenadores do movimento chegam a falar em cinco mil participantes. Independente da quantidade de manifestantes, não foram registradas cenas de violência ou conflito até agora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.