Forte gripe abala os uruguaios, invictos na competição

Uma forte gripe atrapalhou os planos do Nacional e pode tirar vários jogadores da partida de hoje à noite, em Montevidéu. "A verdade é que estamos bastante preocupados", lamentou o técnico Gerardo Pelusso.O volante Álvaro Fernández foi o último a sentir os males da epidemia. Na segunda-feira, chegou ao campo de treinamento com 39 graus de febre e dor por todo o corpo. Descansado, ainda é dúvida para enfrentar o Palmeiras.Ele seria outra baixa para Gerardo Pelusso, pois também o lateral-esquerdo argentino Federico Domínguez não se encontra em boa situação. Mas ontem o treinador uruguaio recebeu uma boa notícia: dos nove atletas que apareceram gripados no fim de semana, cinco já melhoraram e estão concentrados, depois de treinarem sem problemas. O Nacional ainda não perdeu na competição e pode empatar sem gols para avançar à semifinal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.