Newton Nogueira/Divulgação
Newton Nogueira/Divulgação

Franca briga por título brasileiro após quatro anos

O adversário é o Brasília, atual campeão nacional. Equipes reeditam a final de 2007, que marcou o 1.º título brasiliense

, O Estado de S.Paulo

19 de maio de 2011 | 00h00

BRASÍLIA - Em 2007, o Brasília entrava no cenário do basquete ao conquistar, pela primeira vez, o título nacional masculino. O adversário da época, Franca, é o mesmo que o atual campeão do NBB enfrentará a partir de hoje, às 21 horas, no Ginásio Nilson Nelson - será o primeiro jogo da série melhor de cinco das finais, que depois segue para o interior paulista.

Coincidentemente, o duelo que iniciou a ascensão do time brasiliense - presente em todas as finais nacionais nas últimas cinco temporadas -, marcou também a última participação do tradicional time paulista na disputa por um troféu brasileiro. Franca não é campeão brasileiro desde 1999 e, assim como agora, o técnico da conquista era Hélio Rubens Garcia. O veterano treinador ostenta o maior número de títulos nacionais no País: nove, sendo seis com Franca.

Ressurgimento. O time paulista, que não conquista um título desde o Paulista de 2007, começou o NBB claudicante e teve péssima participação na Liga Sul-Americana (foi eliminado na primeira fase). O jejum e as más atuações serviram de munição para o prefeito da cidade, Sidnei Rocha, que destilou pesadas críticas e ameaçou encerrar o apoio municipal.

Mas o time reagiu com brilho. Na última rodada da fase classificatória do Nacional, pulou do 4.º para o 1.º lugar, garantindo, assim, a vantagem de decidir as séries no Pedrocão. Nos playoffs, não deu chances a Limeira e Flamengo: "varreu" os dois times ao fechar as séries por 3 a 0.

O Brasília manteve a base campeã de 2010, quando bateu o Flamengo após três finais consecutivas com o rival carioca. O ala Alex Garcia e o ala-pivô Guilherme Giovannoni continuam como destaques, agora treinados por José Carlos Vidal, o técnico da conquista de 2007. O time passou aos playoffs com a 3.ª posição e suou para eliminar Uberlândia (3 a 2) e Pinheiros (3 a 1).

Equilíbrio. 20 vitórias em 28 jogos foram conquistadas por Franca e Brasília na fase de classificação. O time paulista passou invicto pelos playoffs, contra Limeira e Flamengo. Brasília bateu Uberlândia e Pinheiros por 3 a 2 e 3 a 1.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBBFrancaBrasília

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.