França, sob pressão, faz duelo vital

Vice-campeã do mundo visita a Lituânia e tenta acabar com fase instável

, O Estadao de S.Paulo

28 de março de 2009 | 00h00

A França corre contra o fantasma da desclassificação nas Eliminatórias da Europa, que têm rodada gorda neste sábado - com exceção do Grupo 6, de folga, os outros oito colocam 40 seleções em campo. Os atuais vice-campeões mundiais estão em terceiro lugar, no Grupo 7, com 4 pontos em três apresentações, e se veem obrigados a ganhar, na visita que fazem à Lituânia, em primeiro com 9, assim como a Sérvia (mas ambas com 4 partidas). Os sérvios saem para jogar com a Romênia, também com 4 pontos.O futuro dos franceses preocupa, por causa de resultados recentes e pelos problemas que o técnico Domenech tem para definir a equipe. Em amistosos contra sul-americanos, a França empatou com o Uruguai por 0 a 0 e perdeu para a Argentina por 2 a 0. E não contará com a experiência de Vieira, Anelka e Abidal na partida em Kaunas. "Mas isso não é problema", garante Domenech, que mais uma vez aposta em Thierry Henry para salvar a honra dos campeões do mundo de 98. "Tenho várias opções para a equipe", insiste o treinador. O mau tempo também atormenta as duas seleções. Frio e chuva têm castigado o campo do jogo, mas a Federação Lituana de Futebol garante que há condições para o jogo ser disputado. Cancelamento, se houver, só depois de inspeção de representantes da Fifa e do juiz.Outra seleção que brilhou em 2006, mas corre risco é Portugal. Com 5 pontos, está em quarto lugar no Grupo 1 e aposta na recuperação diante da Suécia (5), no Porto. Esperança é o que não falta, pelo menos para Deco. "É a oportunidade de nos firmarmos", ponderou. "Pois brigamos contra um rival direto." A Dinamarca, em primeiro com 7, tem compromisso fácil contra Malta (1), embora jogue fora de casa. A Hungria (7) se desloca para pegar a surpreendente Albânia (6 pontos em 5 jogos).A Itália também estará em campo, mas diante de Montenegro, pelo Grupo 8. A Squadra Azzurra, campeã do mundo, e novamente sob o comando de Marcello Lippi, tem 10 pontos e é favorita na chave. A Irlanda, também com 10, recebe a Bulgária, com 3. Italianos e irlandeses têm tudo para aumentar mais a diferença em relação aos rivais.A Espanha, campeã europeia, se mantém em excelente fase. Com 12 pontos (4 vitórias) no Grupo 5, recebe a Turquia (8) e pode ficar a um passo da classificação. A Alemanha, líder do Grupo 4 com 10 pontos, hospeda Liechtenstein.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.