Francês Cyril Despres é bicampeão do Rally dos Sertões

Tricampeão do Rally Dakar, o francês Cyril Despres, da KTM, confirmou a superioridade sobre os pilotos brasileiros e conquistou nesta sexta-feira o seu segundo título do Rally dos Sertões, principal prova de rali do Brasil. Ele venceu seis das 10 etapas e encerrou a competição com 4min21s de vantagem sobre o brasileiro Felipe Zanol, vice-campeão. Em terceiro, com mais de uma hora de diferença, ficou Dário Júlio.

AE, Agência Estado

19 de agosto de 2011 | 18h21

Esta é a terceira vez que Despres participa do Rally dos Sertões. Ele havia sido campeão em 2006 e vice em 2008, perdendo para Zé Hélio. No ano passado, o título havia ficado com o espanhol Marc Coma, que se reveza, desde 2006, no primeiro lugar do pódio do Rally Dakar com Despres. Zanol repete o vice-campeonato conquistado em 2010.

Entre os carros, o título ficou com a dupla Guilherme Spinelli/Youssef Haddad, da Mitsubishi. Eles vinham liderando com folga e fecharam a prova com 23min58s de vantagem sobre a dupla Paulo Nobre/Palmeiro, que correu com uma BMW X3. Este foi o quarto título de Guiga e o segundo com Youssef. Em 2010 eles já haviam sido campeões juntos. O piloto acumulava vitórias também em 2003 e 2004.

O título dos caminhões pesados ficou com o trio Guido Salvini/Flávio Bisi/Fernando Chwai, que venceu a disputa com André Azevedo/Sidinei Broering/Ronaldo Pinto com uma vantagem de 25min37s. Já entre os caminhões leves, a vitória foi de Edu Piano/Solon Mendes/Davi Oliveira.

Nos quadriciclos, o campeão foi Tom Rosa, seguido de Leonardo Vieira Franco e José Demontier Moura. O primeiro colocado fechou a prova com pelo menos 3h27min de folga sobre os concorrentes.

Tudo o que sabemos sobre:
raliRally dos SertõesCyril Despres

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.