Marco Trovatti / AP
Marco Trovatti / AP

Francês se salva de grave acidente de esqui com manobra a 120 km/h; assista

Max Muzaton estava disputando o Campeonato Mundial de Downhill, em Cortina D'Ampezzo, na Itália

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de fevereiro de 2021 | 19h49

Saltos com esqui, bobsled, snowboard... Esportes na neve são reconhecidamente como práticas de alto risco, onde acidentes e lesões graves são mais comuns. O esquiador francês Max Muzaton, de 30 anos, se salvou de um neste domingo por pouco, graças à grande habilidade que possui.

O quase-acidente aconteceu no Campeonato Mundial de Cortina D'Ampezzo, na Itália. Max descia a 120 km/h em um trecho de alta velocidade na pista quando cometeu um erro ao se inclinar para o lado e saiu do percurso da prova.

Contudo, Muzaton conseguiu se recuperar com uma acrobacia e deu um giro de 360º, ficou de pé e voltou a ficar de frente no retorno ao percurso. Ele disse sentir apenas algumas dores no joelho. Contudo, como perdeu uma das bandeiras, acabou desqualificado da prova. Confira no vídeo.

Quem não teve tanta sorte foi o alemão Romed Baumann, de 35 anos. O esquiador não conseguiu parar após cruzar a linha de chegada, acabou escorregando e batendo na placa de um patrocinador. Baumann ficou com o rosto ensanguentado, mas não sofreu nenhum problema mais sério. Ele ficou com 14ª colocação geral.

Tudo o que sabemos sobre:
esqui

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.