Franchitti é pole em etapa decisiva da Fórmula Indy

A definição do grid de largada da etapa de Miami aumentou a emoção para a última etapa da Fórmula Indy em 2009, no sábado, às 18 horas. Os três candidatos ao título largam na frente: o escocês Dario Franchitti (1min40s537) é o pole, com o atual campeão e companheiro de Chip Ganassi, o neozelandês Scott Dixon (1min40s792) ao lado, e o australiano Ryan Briscoe (1min40s802), da Penske, em terceiro.

MILTON PAZZI JR., Agencia Estado

09 de outubro de 2009 | 20h00

Como a diferença de pontos é pequena, o fundamental para todos é vencer a prova no circuito oval. Dixon lidera com 570 pontos, contra 566 de Franchitti, que ganhou um ponto pela pole, e 562 de Briscoe. Uma vitória vale 50 pontos e o segundo lugar 40.

Se na ponta a briga é pelo título, daí para trás a disputa é por melhorar a situação no campeonato, o que ajuda na distribuição de prêmios. Para os brasileiros, o clima é de despedida de temporada. Hélio Castroneves, da Penske, quarto na classificação, largará em 11.º lugar.

O melhor brasileiro no grid é Raphael Matos, da Luczo Dragon, que conseguiu o nono lugar. Ele é 13.º na classificação, com 296 pontos.

Na décima posição no grid de largada estará Mário Moraes, da KV, que terá a presença da família na pista. "A expectativa é muito grande, não somente por ser a última do ano, mas porque será a primeira vez que toda a minha família virá do Brasil para ver minha corrida e também estarei recebendo vários amigos", avisou.

Outro que recebe a família e corre em casa, pois mora em Miami, é Tony Kanaan, da Andretti Green. Mas sua posição de largada é ruim: 15.º lugar. "Quem tiver um bom acerto aerodinâmico vai vencer. Vou para tentar tudo e se conseguir um pódio estará bom", admitiu Kanaan.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.