Francisco Barreto supera expectativa e fatura prata na ginástica em Anadia

O brasileiro Francisco Barreto superou todas as expectativas e garantiu a segunda medalha da equipe brasileira na etapa de Anadia, em Portugal, da Copa do Mundo de Ginástica. Depois de Caio Souza levar o bronze no solo, no sábado, neste domingo "Chico" foi ainda melhor e alcançou a segunda colocação na barra fixa.

Estadão Conteúdo

24 de maio de 2015 | 15h05

A medalha foi uma surpresa, já que o brasileiro havia garantido vaga na decisão somente com a sétima melhor pontuação. Mas neste domingo ele realizou uma série de alto grau de dificuldade com poucos erros, convenceu os juízes e conseguiu a segunda melhor performance do dia, com 14,950 pontos.

O resultado brasileiro em Anadia também surpreendeu porque, diferente da etapa paulista da Copa do Mundo, quando os especialistas se apresentaram, em Anadia os treinadores da seleção estão observando o desempenho dos chamados generalistas, que têm como foco somar a maior pontuação possível na soma de todos os aparelhos. Como não se concentram em apenas uma prova, teriam menos chances de pódio.

E neste domingo, Chico quase conseguiu o ouro. Ele ficou somente 0,025 ponto atrás do cubano Manrique Larduet, que subiu no lugar mais alto do pódio ao fazer 14,975. A terceira posição ficou com outro cubano, Randy Leri Bell, que anotou 14,400 pontos.

Outro brasileiro em atividade neste domingo, Caio Souza não repetiu o bom desempenho de sábado e ficou sem medalhas nas barras paralelas. Depois de se classificar na quinta posição, ele cometeu algumas falhas em sua apresentação e terminou somente na sexta colocação, com 14,350 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.