Frases memoráveis da Olimpíada de Londres 2012

A seguir, algumas das frases mais engraçadas e memoráveis da Olimpíada de Londres 2012

Reuters

30 de julho de 2012 | 17h20

"Boa noite, senhor Bond".

A Rainha Elizabeth, estreando no cinema em um vídeo com o ator Daniel Craig no papel de James Bond na cerimônia de abertura.

"O corpo feminino é uma obra prima. Todos gostam de olhá-lo, especialmente em um esporte dinâmico, atlético."

Natalie Cook, medalhista de ouro em Sydney em 2000, defendendo os biquínis no vôlei de praia.

"É difícil saber o quão bom vai sair... Algumas coisas foram desconcertantes." 

Mitt Romney, candidato republicano à presidência dos EUA, que despertou indignação em Londres e logo teve que se retratar.

"A empolgação está crescendo tanto que acho que o contador Geiger da mania olímpica vai fazer 'tóin!' e saltar para fora da escala." 

Boris Johnson, prefeito de Londres, sempre efusivo para resumir o clima em um concerto olímpico no Hyde Park.

"Muitas pessoas querem começar a remar porque eu vim à Olimpíada. Vamos começar assim que eu voltar, só temos que esperar os barcos chegarem." 

O remador nigerino Hamadou Djibo Issaka, que só treinou três meses para a competição masculina, e nunca em seu país amplamente desértico.

"Se tivesse ganhado o ouro, teria me aposentado." 

Roger Bannister, famoso por correr uma milha em menos de quatro minutos em 1954, revelando que poderia ter abandonado o esporte dois anos antes se não tivesse perdido uma medalha nos Jogos de Hensinque.

"Eu disse: 'a medalha está ali, temos que pegá-la'. Era um sentimento enorme, mas agora sinto algo ainda maior, uma grande dor." 

O ciclista suíço Fabian Cancellara, lamentando uma colisão na prova de rua em que se feriu.

"Ela entrou na cerimônia de abertura, e obviamente não deveria ter estado lá... agora posso confirmar que era um membro do elenco e que estava empolgada demais." 

Sebastian Coe, chefe do comitê organizador, explicando como uma mulher rompeu a segurança e invadiu o desfile da Índia.

"Inspire uma geração é nosso mote, não necessariamente 'crie uma geração', que é o que eles aprontam às vezes na Vila Olímpica." 

Boris Johnson, prefeito de Londres, exaltando "a energia e o entusiasmo" dos 10 mil atletas da Olimpíada, a quem cerca de 150 mil camisinhas foram distribuídas.

"É duro, não é balé." 

Miho Boskovic, jogador de pólo aquático de 1m96, colocando uma bolsa de gelo no cotovelo depois de marcar três gols na partida inaugural da Croácia contra a Grécia.

"Estávamos ficando bastante frustrados com o Transporte para Londres em certo momento, e entre nós cogitamos tentar entrar em um ônibus com um caixão." 

John Cribb, diretor de Funerais da capital, expressando frustração com as faixas exclusivas para veículos olímpicos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.