Fratus fecha ano com melhor tempo da carreira nos 50m

Nadador do Pinheiros crava 21s41, sendo que horas mais cedo havia obtido a sua segunda melhor marca na vida nesta prova

Estadão Conteúdo

20 de dezembro de 2014 | 20h46

Confirmando o grande momento que vive, Bruno Fratus conquistou em grande estilo o título da prova dos 50 metros do Torneio Open de Natação, no Rio, ao cravar o melhor tempo da carreira nesta distância. O nadador do Pinheiros cravou 21s41, sendo que horas mais cedo havia obtido a sua segunda melhor marca na vida nesta prova ao cronometrar 21s45 no Campeonato Brasileiro Senior, que é realizado simultaneamente ao Open na capital carioca.

Para se ter ideia de quão expressivo foi o tempo de Fratus, a melhor marca da história dos 50 metros livres sem o uso dos trajes tecnológicos, hoje abolidos da natação profissional, é de 21s32, e foi conquistada pelo francês Florent Manaudou. 

O brasileiro almejava quebrar esta marca do francês, mas ao final da competição exaltou a sua grande temporada. "Foi bom! Eu queria ter nadado um pouco mais rápido que isso, mas não posso reclamar. Nadei pra 21s04 quatro vezes esse ano, no começo, no meio e no final. Estar nas primeiras posições do ranking mundial é mais uma questão de vaidade. Não é uma necessidade. O importante mesmo é ganhar as medalhas nas competições que importam. Agora sem férias vamos entrar de cabeça em 2015 para que seja melhor ainda", disse o nadador.

Com seu excelente desempenho, Fratus superou com folga os outros dois nadadores que subiram ao pódio nos 50 metros. Nicholas Santos, do Unisanta, foi segundo colocado com 22s17, enquanto o bronze ficou com Italo Duarte, do Minas, com 22s25. Este último, por sinal, foi mais um brasileiro que garantiu índice para a disputa do Mundial de Kazan, na Rússia, no próximo ano.

Clube defendido por Fratus, que viu Cesar Cielo desistir da disputa dos 50 metros já pela manhã, o Pinheiros acabou ficando com o título do Brasileiro Senior e do Open, encerrado neste sábado na piscina do Botafogo. O Pinheiros garantiu também o primeiro lugar no ranking brasileiro de clubes de natação. Este foi o oitavo título do Pinheiros no Open (os outros dois foram conquistados pelo Minas Tênis). Já no Brasileiro, o Pinheiros também é o maior detentor de títulos, agora com oito. Minas Tênis e Unisanta vêm a seguir, com três vitórias cada um.

Para completar, com a soma nos diversos campeonatos nacionais das mais diversas categorias, o Pinheiros fechou o ranking brasileiro de 2014 na liderança, com 375 pontos, seguido por Corinthians (335), Minas Tênis (325), Sesi (319) e Curitibano (201).

Tudo o que sabemos sobre:
nataçãoTorneio OpenBruno Fratus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.