Fred treina no Flu e diz que poderia jogar pela seleção

Atacante garante que não teria problema para atuar ontem contra a Argentina, e agora só quer pensar no Campeonato Brasileiro

Sílvio Barsetti / RIO, O Estado de S.Paulo

15 de setembro de 2011 | 00h00

O atacante Fred assumiu a responsabilidade de participar do treino do Fluminense, ontem pela manhã, um dia depois de ser cortado da seleção brasileira por causa de edema na coxa direita. Ele disse que vai estar em campo, domingo, para o jogo contra o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro, e afirmou que teria condições de atuar pelo Brasil no amistoso disputado ontem, contra a Argentina, em Córdoba.

Fred disse ao médico da seleção, Rodrigo Lasmar, que se sentia bem o suficiente para jogar com a Argentina. Mas, depois de um exame na perna direita do atleta, Lasmar entrou em contato com os médicos do clube e a decisão do corte, "como precaução", foi tomada em comum acordo.

O jogador viajou para a Argentina na segunda-feira. Voltou para o Rio na terça-feira à noite e ontem de manhã já treinava nas Laranjeiras, sob chuva fina e observado pelo técnico Abel Braga. À tarde, Fred foi poupado da atividade no clube.

A iniciativa do atacante, por um lado, demonstra seu envolvimento com a atual fase do time. O Flu vem de quatro vitórias seguidas no Brasileiro e está novamente na lista dos candidatos ao título, principalmente depois de superar o líder Corinthians, domingo, no Rio, por 1 a 0.

Se continuasse com o grupo de Mano Menezes em Córdoba, Fred provavelmente seria reserva de Leandro Damião.

Com o bom momento, a confiança do grupo do Flu está em alta e tem motivado até conversas de vestiário sobre a força readquirida da equipe.

"Para nos vencer, o adversário agora tem de suar sangue. O time não leva gol e, lutando como nos últimos jogos, vai ser difícil nos derrotarem mesmo. Está todo mundo se empenhando muito", disse o volante Edinho, um dos líderes do elenco e homem de confiança de Abel Braga.

No treino de ontem, o técnico testou o jovem Wallace (defendeu a seleção sub-17 no último Mundial), na vaga do suspenso Mariano na lateral-direita. Na cabeça de área, em lugar de Diogo, suspenso, Abel alimentou a dúvida entre Fernando Bob e Rodrigo, ao treinar com os dois volantes.

Novas chamadas

Mano Menezes faz duas convocações no dia 22. Uma só com atletas que atuam no Brasil para o 2º jogo contra os argentinos, no dia 28. Também chama o elenco que fará amistosos com a Costa Rica (dia 7) e México (dia 11).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.