Frentista bate recorde na bicicleta

O frentista Ricardo José Arcanjo, de 27 anos, conseguiu quebrar seu próprio recorde, ao pedalar 450 quilômetros durante 50 horas seguidas, completadas na tarde de domingo, no Kartódromo de Cubatão. Ele começou a pedalar na sexta-feira e, nem mesmo as fortes chuvas que atingiram a região na madrugada de sábado, o desanimaram. Uma torcida formada por familiares e amigos o ajudou a vencer o sono e a permanecer firme no seu intento.No último mês de fevereiro, Ricardo Arcanjo percorreu, no mesmo local, 400 quilômetros em 45 horas, feito que foi encaminhado para registro no Guiness Book, o livro dos recordes. Desta vez, ele contou com ajuda profissional de uma nutricionista, que elaborou uma dieta especial para mantê-lo desperto e sem cãibras. "Meu objetivo já foi alcançado e, a partir de agora, desafio outros esportistas a quebrarem meu recorde", afirmou o frentista, satisfeito com o seu desempenho e a ajuda da população, que para entrar no kartódromo levou um quilo de alimento não-perecível como doação para as famílias carentes do município.A rotina do atleta amador cubatense não é nada fácil. Ele trabalha o dia inteiro em um posto de gasolina e só tem condições de treinar nos fins de semana. Com duas bicicletas especiais que ganhou da prefeitura, costumava fazer o trajeto Cubatão-Santos, pela Via Anchieta, treino que lhe deu força para que pudesse concluir o novo desafio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.