Javier Lizón/ EFE
Javier Lizón/ EFE

Froome é campeão virtual da Volta da Espanha e Contador vence penúltima etapa

Última prova, realizada em Madrid neste domingo, não conta com disputa de posições

Estadão Conteúdo

09 de setembro de 2017 | 15h27

Atual campeão da Volta da França, o britânico Chris Froome está prestes a encerrar a sua série de vice-campeonatos na Volta da Espanha após manter a sua liderança na classificação geral depois da disputa, neste sábado, da última etapa competitiva do evento.

Em um estágio chuvoso, Froome aumentou sua vantagem sobre o italiano Vincenzo Nibali em um trecho montanhoso de 117,5 quilômetros na 20ª etapa da Volta da Espanha, disputada de Corvera de Asturias até Alto de El Angliru. De acordo com a tradição da prova, a última etapa, neste domingo, que será concluída em Madri, é meramente cerimonial, sem disputa de posições.

O espanhol Alberto Contador somou uma grata recordação para a última prova da sua carreira ao ganhar a etapa deste sábado. Ele anunciou antes da disputa da Volta da Espanha que vai deixar o ciclismo após o encerramento do evento. O ciclista da Espanha venceu duas vezes a Volta da França e teve um título cassado por um caso de doping.

"Não pode haver um final mais bonito do que isso, ganhando no Alto de El Angliru para pôr fim à minha carreira esportiva. Eu queria sair assim e não há lugar melhor do que aqui para dizer adeus", celebrou Contador.

Froome, que já venceu quatro vezes a Volta da França, terminou em segundo lugar na Volta da Espanha em três ocasiões, incluindo no ano passado, quando ficou atrás do colombiano Nairo Quintana - os outros vices foram em 2010 e 2013.

A menos que ocorra alguma catástrofe neste domingo, o astro da equipe Sky se tornará apenas o terceiro ciclista a vencer na mesma temporada a Volta da França e a Volta da Espanha. Jacques Anquetil (1963) e Bernard Hinault (1978) conseguiram isso quando a prova espanhola era disputada antes da disputa francesa, na primavera europeia.

"É um sentimento absolutamente incrível. Que maneira de acabar três semanas de prova, tendo completado a dobradinha Tour-Vuelta (Volta da França e Volta da Espanha). Obrigado à minha equipe, que foi fantástica", disse Froome.

Neste sábado, Froome sorriu ao cruzar a linha de chegada na terceira posição, a 17 segundos de Contador, ampliando a sua vantagem para Nibali de 1min37 a 2min15. Ilnur Zakarin, o quarto colocado neste sábado, assumiu a terceira posição na classificação geral, enquanto Contador saltou para a quarta posição.

"Foi uma escalada tão difícil. Nós demos tudo o que pudemos para pegar Alberto, mas ele foi muito forte ", disse Froome depois que abraçou Contador, um dos seus maiores rivais há anos. Parabéns a ele. Para ele, terminar sua carreira assim é lindo".

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
CiclismoCiclismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.