Froome mantém vantagem na ponta da Volta da França

Ele confirma favoritismo após segunda etapa nos Alpes

Estadão Conteúdo

23 de julho de 2015 | 15h13

O britânico Chris Froome superou sem problemas a primeira metade das etapas nos Alpes, os últimos obstáculos para se coroar campeão da Volta da França pela segunda vez. Nesta quinta-feira, após a 18ª etapa, que foi vencida pelo francês Romain Bardet, o britânico conservou a sua cômoda de vantagem de 3 minutos e 10 segundos sobre o colombiano Nairo Quintana, o segundo colocado na classificação geral.

Bardet pedalou sozinho na descida da passagem da montanha Glandon, e depois escalou sem adversários as 18 sinuosas curvas do Montvernier para assegurar a sua vitória no Saint-Jean-De-Maurienne, no segundo dos quatro dias de competição da Volta da França nos Alpes, antes do encerramento da prova no próximo domingo em Paris.

Em percurso de 186,5 quilômetros entre Gap e Saint-Jean-de-Maurienne, Bardet completou a distância em 5h03min40, com uma vantagem de 33 segundos para o também francês Pierre Rolland e de 59 segundos para o colombiano Winner Anacona, que ficou em terceiro lugar. Assim como havia acontecido na primeira etapa alpina da Volta da França, na última quarta-feira, os principais oponentes de Froome o atacaram, mas não conseguiram deixá-lo para trás nas sete subidas.

Froome, Quintana e outros aspirantes ao título, que inclui os espanhóis Alberto Contador e Alejandro Valverde, além do italiano Vincenzo Nibali, cruzaram a linha de chegada juntos, em um pelotão de dez ciclistas, a 3min02 de Bardt, que não figura entre os candidatos a subir ao pódio em Paris, ao término da Volta da França. Assim, além da vantagem de 3min10 para Quintana, Froome está 4min09 à frente de Valverde, o terceiro colocado. Além disso, a sua vantagem é de 6min40 para Contador, que ocupa o quinto lugar, e de 8min04m para Nibali, apenas o sétimo colocado.

Se permanece na liderança folgada da Volta da França, Froome perdeu a camiseta branca de bolinhas vermelhas, destinada ao melhor montanhista, que agora está com o espanhol Joachim Rodriguez, com 68 pontos, assim como Bardet, que está em desvantagem nos critérios de desempate. Agora o britânico é apenas o quarto colocado nessa disputa, com 61 pontos.

Os detentores das outras camisetas não se alteraram. O eslovaco Peter Sagan segue com a verde, para o maior pontuador, e o colombiano Nairo Quintana continua com a branca, dada ao melhor jovem ciclista. A Volta da França prossegue nesta sexta-feira com a disputa da 19ª etapa, novamente em alta montanha. O estágio terá um percurso de 138 quilômetros entre Saint-Jean-de-Mauriense e La Toussuire-Les Sybelles.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.