Froome mantém vantagem sobre Quintana após 1ª etapa nos Alpes da Volta da França

O britânico Chris Froome manteve a sua vantagem na liderança da Volta da França e ainda viu um dos principais concorrentes ao título deixar a disputa nesta quarta-feira, quando foi disputada a 17ª etapa, a primeira realizada nos Alpes, que acabou sendo vencida pelo alemão Simon Geschke.

Estadão Conteúdo

22 de julho de 2015 | 14h27

Principal concorrente de Froome na luta pelo título neste momento, o colombiano Nairo Quintana, que está em segundo lugar na classificação geral, atacou várias vezes o britânico, mas acabou chegando junto ao rival, em 18º lugar, duas posições à frente do detentor da camiseta amarela, mas com o mesmo tempo, a 7min16 de Geschke. Assim, Froome segue com uma vantagem de 3min10 na classificação geral.

Além disso, o norte-americano Tejay van Garderen, que vinha em terceiro lugar na classificação geral da Volta da França, abandonou a disputa, alegando estar doente, mas sem apresentar maiores explicações.

Com isso, o espanhol Alejandro Valverde, companheiro de Quintana na equipe Movistar, a líder da Volta da França, agora é o terceiro colocado. Nesta quarta, ele ficou a 7min23 de Geschke e agora está a 4min09 de Froome. Ele fez o mesmo tempo do italiano Vincenzo Nibali, o atual campeão da Volta da França, que é o sétimo colocado, a 8min04 do líder.

Já o também espanhol Alberto Contador praticamente deixou a disputa pelo título da Volta da França ao sofrer uma queda e concluir a 17ª etapa em 31º lugar, a 9min33 do vencedor. Assim, a sua desvantagem para Froome chegou aos 6min40, com ele ocupando a quinta posição, a seis segundos do britânico Geraint Thomas.

A 17ª etapa da Volta da França teve um percurso de 161 quilômetros em alta montanha entre Digne-les-Bains e Pra Loup. Pela quinta vez em 2015, a vitória ficou com um ciclista alemão, sendo a primeira com Geschke, que já estava na liderança a 25 quilômetros da chegada e resistiu a uma perseguição para vencer com o tempo de 4h12min17.

Quem chegou mais próximo dele foi o norte-americano Andrew Talansky, a 32 segundos do alemão. Já o colombiano Rigoberto Uran terminou na terceira posição, com uma desvantagem de 1min01.

Além da camisa amarela, Froome segue sendo o detentor da branca com bolinhas vermelhas, destinada ao melhor montanhista. O eslovaco Peter Sagan continua com a verde por liderar a disputa por pontos. Já Quintana continua com a camiseta branca, do melhor ciclista jovem.

A Volta da França prossegue nesta quarta-feira com a realização da 18ª etapa da Volta da França em um trecho de 186,5 quilômetros de alta montanha entre Gap e Saint-Jean-de-Mauriense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.