Froome vai mal, mas segue líder da Volta da França

Líder isolado da Volta da França, o ciclista britânico Chris Froome foi superado na etapa disputada nesta sexta-feira, mas manteve a vantagem na primeira colocação geral da tradicional competição. A vitória na 13ª etapa ficou com o também britânico Mark Cavendish no percurso plano de 173 quilômetros, entre as cidades francesas de Tours e Saint-Amand-Montrond.

AE, Agência Estado

12 de julho de 2013 | 14h45

Froome "queimou" parte de sua vantagem na liderança geral ao ser superado pelo espanhol Alberto Contador no trecho final da etapa. O britânico foi apenas o 26º, enquanto o campeão de 2007 e 2009 foi o sétimo colocado. Na classificação, o espanhol aparece na terceira posição, após reduzir a vantagem do líder para 2min45s. O holandês Bauke Mollema é o segundo.

Com este resultado, Contador foi um dos ciclistas que mais se destacaram nesta etapa. Só não brilhou tanto quanto o vencedor. Cavendish faturou sua segunda etapa desta edição da competição, totalizando a 25ª. O britânico se tornou um dos maiores vencedores da Volta da França, igualando o francês Andre Leducq na terceira posição na lista de todos os tempos.

"Minha equipe fez um trabalho incrível hoje. Vamos estourar um champagne nesta noite", comemorou Cavendish. "A Volta da França é a corrida mais incrível do mundo. [Vencer a etapa] Significa muito para mim. Quando penso nisso, dá até vontade de chorar", festejou.

Tudo o que sabemos sobre:
ciclismoVolta da FrançaCavendish

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.