Fundista marroquino é detido com EPO

O fundista marroquino Aissa Dghoughi foi preso na semana passada com 10 seringas contendo Eritropoietina (EPO) e uma bolsa com hormônios de crescimento, substâncias proibidas pela Federação Internacional de Atletismo (Iaaf). A revelação foi feita apenas nesta terça-feira. O atleta de 23 anos foi flagrado durante uma blitz realizada pela polícia rodoviária em Villefrance-sur-Saone, no leste da França, e terá que comparecer ao tribunal local no dia 1º de março para responder por porte de narcóticos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.