Furacão adia prova de triatlo no México

O furacão Wilma deixou vários estragos em Cancún, no México, por onde passou na semana passada. E provocou o adiamento da etapa da Copa do Mundo de Triatlo, que iria acontecer domingo na cidade mexicana.A Federação Internacional de Triatlo ainda não definiu se marca uma nova data para a etapa de Cancún ou se optará pelo cancelamento. ?Acredito que o mais coerente é adiar a prova para daqui a uns 40 dias. O povo mexicano já está acostumado a passar por este tipo de problema e acredito que possam normalizar a vida da cidade neste tempo?, afirmou o presidente da Confederação Brasileira, Carlos Fróes.?A prova pode ser realizada no final de novembro. Estava preparada para competir neste fim de semana, mas agora precisamos manter a forma. Se não acontecer, será uma pena?, disse Sandra Soldan, uma das triatletas brasileiras que iria competir domingo em Cancún.

Agencia Estado,

25 de outubro de 2005 | 15h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.