Futevôlei ganha circuito no Rio

A prática do vôlei jogado com os pés, esporte conhecido como futevôlei, já é tão comum no litoral carioca que um grupo de empresários e de ex-jogadores de futebol decidiu criar um circuito para divulgá-lo. E a primeira etapa será numa arena em Ipanema, entre 15 e 18 de janeiro de 2004. A Rede TV está na parceria e vai transmitir ao vivo os principais jogos. Mas o projeto que tem em Careca, Edinho e Adílio alguns de seus principais divulgadores é bastante ambicioso e prevê elevar o futevôlei à categoria de esporte olímpico em 2012. "O futevôlei é mais técnico e vistoso que o vôlei de praia, porque exige pura habilidade dos atletas. O público vibra", disse Careca, atacante da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1990. Ele foi convidado a participar da competição pela TopSports, empresa de marketing responsável pelo circuito, batizado de Futfest. "Sempre gostei de jogar futevôlei e ele tem uma vantagem: não exige limite de idade", comentou Careca. Outros ex-atletas, como Ézio, Gaúcho e Gonçalves também estão confirmados no circuito. O Futfest será composto por cinco etapas em 2004. A médio prazo, a intenção dos organizadores é a de expandi-lo, com a criação da modalidade feminina e a elaboração de um plano que permita a disputa de um circuito mundial com o evento final programado para o Rio. "Queremos, em 2008, ter uma competição o ano inteiro no Brasil, com a realização de 12 etapas. Se tudo der certo, quem sabe o futevôlei não seja incluído nos Jogos de 2012?", comentou Carlos Moreira, diretor da TopSports. As premiações para 2004 alcançam R$ 550 mil, ou seja, R$ 110 mil por etapa. "É a maior oferecida por um campeonato brasileiro de esporte de praia", afirmou Moreira. Para Gonçalves, ex-zagueiro do Botafogo e da seleção, o Futfest vai ser um marco na história do esporte no Brasil e no mundo. Ele afirma que os principais jogadores de futebol, em atividade, utilizam as táticas de futevôlei criadas pelos brasileiros. "Toques com o peito, o ombro e outras manobras deixaram de ser apenas um modo de ajeitar a bola e passaram a ser executadas como passes, que muitas vezes terminam em um belo gol." Na etapa de Ipanema, dois atores, Ery Johnson e Thierry Figueira, estarão compondo as duplas. Além deles, a TopSports conseguiu a adesão de dois destaques do futevôlei nas praias do Rio: Renan e Helinho. O Futfest vai movimentar cerca de R$ 4 milhões nos três primeiros anos de circuito e os organizadores do Circuito Brasileiro de Futevôlei querem atrair dois dos precursores do esporte no Rio: Romário e Edmundo. Eles poderiam participar, ao menos, da etapa em Ipanema. As negociações estão em curso e a cargo de Careca. "Com atacante de seleção eu sei me entender", brincou. "É no futevôlei que o futebol-arte revela sua forma mais plástica e quando a gente fala de futebol-arte tem de pensar no Romário, no Edmundo." Para animar a primeira etapa, haverá eventos paralelos, como jogos de futevôlei em outro formato, com quatro atletas de cada lado, e partidas mistas, com homens e mulheres se enfrentando. Três quadras estarão montadas em Ipanema, com a integração dos torcedores, que poderão receber prêmios nos intervalos dos jogos com diversas promoções. Uma delas para o autor do saque que atingir um determinado alvo, na quadra do adversário.

Agencia Estado,

09 de janeiro de 2004 | 19h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.