Futsal será disputado no Pan/2007

Para incluir o futsal nos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê Organizador da competição continental (CO-RIO), Carlos Arthur Nuzman, foi forçado a aceitar a inclusão de quatro esportes não olímpicos no programa de disputas: caratê, boliche, esqui aquático e patinação individual sobre rodas (artística e velocidade). Neste domingo, o dirigente disse estar feliz por ter cumprido uma promessa feita, mas para o futsal ser realmente disputado na competição carioca precisará de uma parceria com a Fifa. "Quem mais saiu ganhando foi o Brasil porque demos o futsal, que o presidente Nuzman tanto queria, implorou e suplicou, em troca de outros esportes que vão agregar ao número de cinco mil atletas, somente 250 competidores", disse o presidente da Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa), Mário Vazquez Raña. A entidade continental é a responsável pela realização dos Jogos. Como o futsal nunca figurou nos Jogos Pan-Americanos, ao contrário das outras quatro modalidades não olímpicas, foi dado ao Brasil o prazo de 60 dias para, em conjunto com a Fifa, organizar seu modelo de disputa, com suas especificidades técnicas. Tanto futsal quanto os demais esportes incluídos não terão seus custos arcados pelo CO-RIO, mas por suas respectivas Federações Internacionais ou Confederações Nacionais. Outra decisão deste domingo foi a substituição de cinco classes olímpicas por equivalentes Pan-Americanas. Saíram a Finn, 49er, Star, Tornado e 470 para as entradas de Sunfish, Snipe, J-24, Hobie Cat 16 e Lightning, respectivamente. Neil Pride (prancha à vela), Laser radial (feminino) e Laser (masculino) permaneceram sem alterações. Já a canoagem de slalom deixou o programa carioca sob a alegação de possuir um alto custo e não atrair competidores. Com as inclusões, o Pan do Rio passou de 28 para 33 modalidades esportivas. "Agora, vamos decidir onde colocaremos essas modalidades não-olímpicas", disse Nuzman. Depois de ratificar as decisões no sábado e domingo, durante a reunião de seu Comitê Executivo, a Odepa realiza segunda e terça a sua XLIII Assembléia Geral. O evento contará com a participação do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), o belga Jacques Rogge. O encontro, onde serão apresentados os relatórios da organização do Rio para os Jogos Pan-Americanos, ainda contará com a participação dos Comitês Organizadores dos Jogos Olímpicos de Inverno de Turim 2006, além das Olimpíadas de Pequim 2008 e de Londres 2012.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.