Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Rafael Marchante/Reuters
Rafael Marchante/Reuters

Gabigol é dispensado de reapresentação do Benfica, diz jornal

Atacante está no Brasil com seus empresários para definir seu futuro; São Paulo e Santos estão em pauta

O Estado de S.Paulo

27 de dezembro de 2017 | 09h15

O atacante Gabigol já não faz mais partes dos planos do Benfica. Segundo publicação do jornal português A Bola, o brasileiro não precisou se reapresentar com o restante do grupo para a volta das atividades após o período das festas natalinas.

+ Harry Kane comemora feito histórico e ganha elogios de técnico do Tottenham

+ Coutinho brilha, Firmino faz dois e Liverpool goleia Swansea por 5 a 0

O atleta está no Brasil com seus empresários em busca de um novo clube. Ainda segundo a publicação, Flamengo e Cruzeiro manifestaram interesse no empréstimo do jogador. Mas os favoritos para repatriarem o campeão olímpico são Santos e São Paulo.

Revelado pelo Santos, Gabigol chegou à Inter de Milão em agosto de 2016, a um custo de por 27,5 milhões de euros (R$ 97,5 milhões na época). Com poucas chances em campo, marcou apenas um gol em dez partidas disputadas pelo clube italiano. 

Buscando recuperar o futebol e as chances na seleção brasileira, foi para Portugal. Mas a situação não melhorou. Emprestado ao Benfica até junho de 2018, o atacante fez apenas cinco jogos e marcou um gol. E se dentro de campo a situação não era boa, fora era pior. 

No mês de novembro, o atacante foi visto em uma discoteca às 6h da manhã no dia que seu time enfrentaria o Vitória de Setúbal. Mesmo não estando relacionado para o jogo, o fato descumpriu o regimento interno do Benfica, que só permite folga aos jogadores depois dos confrontos.

Entrave

O Benfica pagou apenas duas parcelas do total de 1,8 milhão de euros (R$ 7 milhões) acordados pelo empréstimo do jogador. Desta fora, os interessados na contratação de Gabigol terão que assumir os 600 mil euros (R$ 2,3 milhões) restantes da dívida com a Inter de Milão para fechar o negócio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.