Marco Galvão/CBF
Marco Galvão/CBF

Gabriel Magalhães treina na seleção, exalta Vinícius Júnior e comenta sobre Jesus no Arsenal

Zagueiro ainda está se adaptando ao fuso horário asiático, diz que ficou acordado para ver a final da Liga dos Campeões e elogia companheiro de seleção

Redação, Estadão Conteúdo

29 de maio de 2022 | 11h30

Ainda no aguardo dos finalistas da Liga dos Campeões, a seleção brasileira seguiu a rotina de treinamentos em Seul, capital da Coreia do Sul, com mais uma atividade na manhã deste domingo. Zagueiro do Arsenal, Gabriel Magalhães comentou sobre a adaptação com o fuso horário oriental e revelou detalhes de como foi acompanhar a final da Liga dos Campeões na madrugada coreana. O zagueiro elogiou bastante o herói do título, Vinícius Júnior, que se junta a ele na próxima terça-feira.

"Tem bastante diferença, viemos de horários diferentes. A comissão técnica está fazendo tudo para nos adaptarmos o mais rapidamente possível. Ontem (sábado) alguns ficaram acordados para assistir ao jogo da Liga dos Campeões, acho que um ou dois dias acordados dá para regularizar. Tivemos todos os dias de treino, não é fácil chegar em um país com um fuso muito diferente. Acho que o nível dos treinos foi bom", disse Gabriel Magalhães.

"Foi um jogo muito disputado, acho que o Real Madrid mereceu a vitória. Fico muito feliz pelos meninos que estão nas duas equipes, especialmente pelo Vini, que coroou a temporada que vem fazendo com o gol do título. Ele é um menino que trabalha bastante, ouviu muita coisa desagradável quando chegou na Europa. Está mostrando o valor que tem e está crescendo cada dia mais", afirmou o zagueiro do Arsenal sobre a final da Liga dos Campeões.

Outro companheiro de seleção brasileira foi assunto durante a entrevista coletiva do zagueiro. Gabriel revelou que há brincadeiras de vestiário sobre uma possível ida do seu xará Gabriel Jesus para o Arsenal. Magalhães disse que ainda não há nada certo, mas confirmou que este seria um reforço de peso.

Na penúltima convocação antes da Copa do Mundo do Catar, Gabriel Magalhães não escondeu sua ansiedade para estrear com a camisa da seleção. O defensor revelou também que está aprendendo muito com os companheiros de zaga Thiago Silva, Marquinhos e Éder Militão.

"Estou muito ansioso para estrear com a camisa da seleção, estou preparado, entendendo o conceito de jogo da equipe. Posicionamento, por exemplo, no clube a gente trabalha de uma forma e chega aqui é diferente. Estou com os melhores zagueiros e aprendendo muito com eles", finalizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.