WSL/Divulgação
WSL/Divulgação

Surfista Gabriel Medina dá show e está nas quartas de final no Taiti

Atual campeão mundial recebe nota 9,97 na melhor onda

O Estado de S. Paulo

25 de agosto de 2015 | 07h32

Gabriel Medina continua dando show em Teahupoo, no Taiti, palco da sétima etapa do Circuito Mundial de Surfe. O campeão mundial superou os brasileiros Bruno Santos e Italo Ferreira na quarta fase e avançou diretamente às quartas de final.

O sufista de Maresias somou 17,64, registrando nota máxima na melhor onda (9,97). Bruno Santos também teve bom desempenho, somou 17,10 e agora enfrenta o australiano Kai Otton na repescagem por uma vaga na quinta rodada. Já Italo Ferreira, que obteve 6,84, encara o também brasileiro Filipe Toledo na segunda chance de continuar vivo na etapa no Taiti.

"Eu sabia que ia ser uma bateria difícil, especialmente contra o Bruno (Santos), que surfa muito bem aqui. Depois daquele 9,97 fiquei mais tranquilo, mas depois o Bruno quase me pegou no final da bateria com aquele tubo que ele surfou. Estou muito feliz pela vitória que já me garantiu nas quartas de final e bem confiante para a próxima rodada", afirmou Gabriel Medina.

"Significaria muito para mim vencer aqui novamente porque eu amo essa onda. É muito bom estar lá fora pegando um monte de ondas e seria muito especial vencer de novo", completou o sufista, que conquistou em Teahupoo uma inesquecível vitória sobre Kelly Slater, dono de 11 títulos mundiais.

Aliás, Slater continua na disputa. O norte-americano, que conseguiu uma nota 9,77 na melhor onda, superou o francês Jeremy Flores e o compatriota C.J. Hobgood. "Ninguém queria pegar as primeiras ondas que vieram lá fora, pois estavam irregulares e cheias de espuma. Eu estava em dúvida se ia ou não naquela onda do 9,77 e acabei indo. A primeira bolha de espuma me balançou e diminuiu minha velocidade, a segunda diminuiu mais ainda, mas consegui vencê-la para sair do tubo", comentou.

A sétima etapa termina nesta terça-feira. A primeira chamada para a disputa pelas últimas vagas para as quartas de final foi marcada para 7h30 no Taiti (14h30 horário de Brasília).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.