Gabriel Medina é eliminado da 1ª etapa do Circuito Mundial de Surfe

Depois de esperar 11 dias pelo reinício da etapa de Gold Coast, na Austrália, Gabriel Medina foi eliminado precocemente, nesta quarta-feira (já quinta no horário australiano), da primeira etapa do Circuito Mundial de Surfe de 2015. Atual campeão mundial, o brasileiro foi penalizado com descarte de uma nota na quarta bateria por ter atrapalhado Glenn Hall, que tinha prioridade para pegar a onda.

Estadão Conteúdo

11 Março 2015 | 23h45

"Foi bom, me senti bem na bateria. Tinha a prioridade e estava remando para a onda, ele me seguiu. Sei que ele tem fãs, é apaixonado, mas assim é o Circuito. Temos de manter a calma e o foco. Durante a bateria também tivemos um problema e não pude fazer uma onda limpa", disse o irlandês Glenn Hall.

Outro favorito eliminado na Austrália foi o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater. O responsável por derrotar a lenda norte-americana foi o potiguar Italo Ferreira. O novato na competição conseguiu somar 13 pontos, contra 8,77 do maior surfista de todos os tempos. "Kelly é uma referência para mim, tive a felicidade de encontrar as ondas certas e vencê-lo. Ele é uma lenda e derrotá-lo foi muito especial", afirmou o brasileiro ao site da WSL.

Mais conteúdo sobre:
surfe Circuito Mundial Gabriel Medina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.