Divulgação
Divulgação

Gabriel Medina é eliminado da 1ª etapa do Mundial de Surfe

Brasileiro é punido por atrapalhar o irlandês Glenn Hall

O Estado de S. Paulo

11 Março 2015 | 21h47

Depois de esperar 11 dias pelo reinício da etapa de  Gold Coast, na Austrália, Gabriel Medina foi eliminado precocemente na primeira etapa do Mundial de Surfe em 2015. Atual campeão mundial, o brasileiro foi penalizado com descarte de uma nota na quarta bateria por ter atrapalhado Glenn Hall, que tinha prioridade para pegar a onda.

"Foi bom, me senti bem na bateria. Tinha a prioridade e estava remando para a onda, ele me seguiu. Sei que ele tem fãs, é apaixonado, mas assim é o Circuito. Temos de manter a calma e o foco. Durante a bateria também tivemos um problema e não pude fazer uma onda limpa", disse o irlandês Glenn Hall.

Outro favorito eliminado na Austrália foi o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater. O responsável por derrotar a lenda norte-americana foi o potiguar Italo Ferreira. O novato na competição conseguiu somar 13 pontos, contra 8,77 do maior surfista de todos os tempos. 'Kelly é uma referência para mim, tive a felicidade de encontrar as ondas certas e vencê-lo. Ele é uma lenda e derrotá-lo foi muito especial', afirmou o brasileiro ao site da WSL.

 

Mais conteúdo sobre:
Surfe Gabriel Medina outros esportes

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.