Marcio Fernandes
Marcio Fernandes

Gabriel Medina se tranquiliza após avançar em 'mar difícil'

Ansioso no início, brasileiro diminui pressão por título mundial

Paulo Favero, enviado especial ao Havaí, O Estado de S. Paulo

10 de dezembro de 2015 | 20h15

Atual campeão mundial, Gabriel Medina começou com tudo na briga pelo bicampeonato ao vencer sua bateria na primeira fase do Billabong Pipe Masters e evitar a repescagem. Quem também avançou foi o australiano Mick Fanning, líder do ranking. Já Filipe Toledo e Adriano de Souza foram perderam na primeira fase. Nesta sexta-feira deve continuar a repescagem do evento, a partir das 16h (horário de Brasília), com transmissão da ESPN.

“É muito bom sair com vitória no início. É uma fase importante e o mar estava difícil, mas consegui achar duas ondas boas e passei direto. Estou feliz e espero que as ondas melhorem”, comentou Medina, que precisa secar Fanning para continuar sonhando com o título. “Eu estava um pouco ansioso, por ser estreia, mas agora que passei estou mais tranquilo. Confio no título mundial, vou fazer de tudo até o final, mas vai sair naturalmente, sem pressão”, continuou Medina.

Quem também se deu bem na primeira fase foi Italo Ferreira, que está sem sua primeira temporada na elite e já ganhou o prêmio de estreante do ano. Ele não deu chances para o australiano Adrian Buchan e o irlandês Glenn Hall e avançou. “Só estou tentando me divertir, estou sem qualquer pressão, e quero um bom resultado aqui em Pipeline justamente na minha primeira vez que surfo aqui”, explicou Italo, que vai esperar a definição da repescagem para ver quem será seu adversário na terceira fase.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.