Gabriel Medina treina após dia de descanso em Peniche

Gabriel Medina treina após dia de descanso em Peniche

Sem competições por condições climáticas, líder do ranking mundial e outros brasileiros vão às águas para treinos nesta segunda

PAULO FAVERO, O Estado de S. Paulo

13 de outubro de 2014 | 13h37

Os surfistas aproveitaram nesta segunda-feira o dia de folga do Rip Curl Pro Portugal, etapa de Portugal do Circuito Mundial de Surfe, em Peniche, para treinar. Gabriel Medina foi para a água, assim como outros brasileiros: Filipe Toledo, Miguel Pupo, Jadson André e Alejo Muniz. Com boas ondas no Pico da Mota, em Belgas, eles puderam entrar em tubos, mesmo com vento constante e chuva.

O local pode até ser palco da disputa da competição caso a praia de Supertubos não tenha condições de receber o evento, cujo início foi adiado pelo segundo dia seguido por causa do tempo ruim em Peniche, atingida por ventos e chuvas. Diariamente, os organizadores monitoram as condições meteorológicas para definir o melhor momento da realizar a disputa e não está descartada uma mudança de praia, mas por enquanto as chances são remotas.

No Pico da Mota, Medina treinou por pouco mais de duas horas, mesmo debaixo de chuva. Charles Saldanha, seu pai e treinador, ficou boa parte do tempo assistindo para depois passar orientações. O surfista havia descansado no dia anterior, mas decidiu ir ao mar nesta segunda-feira. "O descanso faz parte do treinamento, mas era importante entrar na água agora, para se exercitar um pouco", explica Charles.

Tudo o que sabemos sobre:
surfeGabriel Medina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.