AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Gamarra critica juiz e espera por Santos

O experiente zagueiro Carlos Gamarra, de 33 anos, deixou o campo neste sábado reclamando bastante da atuação do árbitro grego Kyros Vassaras, que, segundo ele, prejudicou o Paraguai na decisão do ouro contra a Argentina. "Ele complicou a partida, não teve critério na hora de aplicar os cartões", justificou. Mesmo assim, o jogador afirmou ter ficado satisfeito com a campanha da equipe na Olimpíada e com a medalha de prata e contou que, a partir de agora, quer pensar no futuro. O atleta, que teve excelente passagem pelo Corinthians no fim da década passada, admitiu estar negociando com o Santos. E disse esperar um desfecho nos próximos dias. "É só eles aceitarem a proposta que eu vou para lá", declarou. Gamarra encaminhou, por meio de seus empresários, os valores que pretende receber na Vila Belmiro e aguarda, somente, pela resposta. "Não quero mais ficar na Europa." O paraguaio desligou-se da Internazionale de Milão, onde apareceu pouco. Ele ainda comentou ter bom relacionamento com o técnico Vanderlei Luxemburgo, com quem trabalhou no Parque São Jorge. "Gosto dele." E ressaltou que, mesmo não acertando com o Santos, pretende retornar ao Brasil. Respeito argentino - Embora ainda estejam com o Brasil entalado na garganta por causa da derrota na final da Copa América, os argentinos foram extremamente respeitosos ao falar do maior rival da América do Sul. Quando perguntado se a medalha de ouro seria um troco aos brasileiros, que nem se classificaram para a Olimpíada, o meia Killy Gonzalez não só teve classe para dar a resposta, como elogiou a seleção de Carlos Alberto Parreira. "Não tem nada de resposta, troco, o Brasil tem uma grande seleção e é cinco vezes campeão do mundo." As equipes passam a pensar nas Eliminatórias Sul-Americanas a partir do início da semana. A Argentina vai a Lima para enfrentar o Peru no dia 4 e o Paraguai recebe a Venezuela no dia 5.

Agencia Estado,

28 Agosto 2004 | 11h50

Mais conteúdo sobre:
olimpíadas 2004 olimpíadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.