Satiro Sodré/Cbda
Satiro Sodré/Cbda

Garantida no Mundial, seleção masculina de polo aquático leva título da Copa Uana

Time do País derrotou os Estados Unidos nos pênaltis após empatem em 9 a 9 no tempo normal

Redação, Estadão Conteúdo

26 de janeiro de 2019 | 18h05

A seleção brasileira masculina conquistou neste sábado o título da Copa Uana de Polo Aquático, torneio classificatório para o Mundial. Na decisão da competição, disputada na piscina do Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo, a equipe derrotou os Estados Unidos nos pênaltis, após empate por 9 a 9.

A classificação à final já havia garantido o Brasil no Mundial, com o triunfo por 15 a 5 sobre o Canadá nas semifinais, mas a equipe também conseguiu ser campeã. E isso após um início complicado de jogo, em que a equipe fechou o primeiro quarto perdendo por 4 a 2. Nos pênaltis, Slobodan Soro defendeu dois pênaltis. E Rafael Vergara, Gustavo Grummy Guimarães e Guilherme Leiva converteram as cobranças da seleção.

Além do título e da vaga no Mundial de Esportes Aquáticos, que será em Gwangju, na Coreia do Sul, em julho, o Brasil também conquistou duas premiações individuais na Copa Uana. Slobodan Soro foi eleito o melhor goleiro, enquanto Grumny recebeu o prêmio de melhor jogador do torneio, que reuniu quatro países no masculino: Argentina, Brasil, Canadá e Estados Unidos

"Nós trabalhamos bastante para conseguir essa classificação. Esse é um grande passo rumo ao Pan-Americano e nossa sonhada vaga olímpica", disse André Avallone, técnico do Brasil, considerando a vitória como um primeiro passo rumo aos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

O título do evento feminino ficou com a seleção do Canadá, que venceu Cuba por 14 a 6 na decisão. Já a seleção brasileira perdeu na sexta-feira para Cuba e ficou fora do Mundial, que contará com a presença dos dois finalistas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.