Garotos campeões da Copinha terão primeira chance

O jogo contra o São Caetano também terá um sabor especial para dois jovens garotos. Pela primeira vez o zagueiro Marquinhos, 17 anos, e o volante Gomes, 18, revelações do time da base, vão jogar pelos profissionais. Da geração que ganhou o título da Copa São Paulo, Marquinhos e Gomes são os considerados mais promissores e prontos para atuar no time de cima.

O Estado de S.Paulo

18 de fevereiro de 2012 | 03h06

Marquinhos já foi elogiado por Tite em diversas entrevistas coletivas e tem feito bons treinos coletivos. É um zagueiro rápido e talentoso, bom na antecipação e que sabe sair jogando. Gomes é tido como "clone" de Ralf. E se destaca pela força física e poder de marcação.

"Eu havia dito que todos teriam chance de jogar nesse começo de ano e estou dando a eles uma oportunidade pelo trabalho que estão fazendo nos treinos, pelo desempenho e título (da Copinha)", disse Tite.

A escalação da dupla é uma vitória das categorias de base, criticadas durante a gestão Andrés Sanches, mas que ganharam moral depois da conquista da Copa São Paulo. Além de afirmar que essa geração dará bons jogadores, a diretoria comemora o fato de que grande parte dos atletas não é totalmente "fatiada". A maioria do grupo pertence mais ao clube do que a empresários.

No caso de Gomes, por exemplo, a diretoria afirma que detém 85% dos direitos econômicos do atleta. Marquinhos, 70%. "Na média, do time campeão temos mais de 60% dos direitos dos atletas, e alguns com contratos de três anos", disse o diretor das categorias de base, Fernando Alba. / V.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.