Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Garrido: recuperação e homenagem

Com a ajuda de amigos, a família Garrido tenta vencer seu maior drama. A fase mais difícil já foi superada. Depois de ser duramente nocauteado (por Marinho Soares) no dia 24 de abril, no Hotel Unique, o meio-pesado Fábio Garrido recupera-se num sítio próximo à capital paulista. Já caminha sozinho e, segundo seu pai, Nilson, mostra uma força surpreendente. O pugilista, de 24 anos, que esteve à beira da morte, seis dias de coma induzido no Hospital São Paulo, deve ser homenageado terça-feira pela Federação Paulista de Boxe, no Ginásio Baby Barioni. ?Ele está bem disposto, caminha sozinho e está cada vez melhor. Se você estiver lá, ele até te dá uma entrevista?, diz ao repórter o otimista Nilson Garrido. Desde a alta recebida dia 4, Fábio faz sessões diárias de fisioterapia e recebe acompanhamento médico. A família entrou na Justiça pedindo aos organizadores do evento o pagamento do tratamento. Enquanto isso não ocorre, ?amigos, conhecidos, ajudam com o que podem?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.