Gatlin tenta diminuir pena por doping

O velocista americano Justin Gatlin, suspenso por oito anos por uso de testosterona, contratou o advogado do ciclista Floyd Landis (também positivo pelo hormônio na Volta da França de 2006) e tentará diminuir sua pena. Gatlin, de 25 anos, contestará a suspensão e pode levar o caso à Corte Arbitral do Esporte, como fez Landis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.