?Gauchão?, 82 anos, não pára de saltar

Aos 82 anos, Fernando Cauzzo, o "Gauchão", é mais um exemplo de como o esporte é essencial na vida de qualquer ser humano. Adepto do vôo livre, ele é considerado pela associação carioca da modalidade, que tenta inscrevê-lo no Guiness Book, o livro dos recordes, o praticante mais idoso do esporte do mundo. Gauchão já sentiu por 2.826 vezes a sensação de voar pelos céus e garantiu que a emoção se renova a cada vôo. Ânimo para superar desafios é o que não falta e o próximo objetivo já foi traçado: saltar do morro do Corcovado, onde fica o Cristo Redentor, pousando no Jockey Club Brasileiro, no Rio. Leia mais no O Estado de S. Paulo

Agencia Estado,

28 Março 2002 | 10h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.