Gay desafiará recorde de Bolt nos 100 metros em 2010

O velocista Tyson Gay disse neste sábado que ele será um rival à altura do jamaicano Usain Bolt, recordista dos 100 metros, quando se recuperar de uma lesão na virilha.

LIU ZHEN E ROYSTON CHAN, REUTERS

19 de setembro de 2009 | 13h13

"Desde que eu esteja em perfeitas condições e focado, eu acho que tenho de buscar isso", disse o norte-americano em uma entrevista concedida durante o Golden Grand Prix de Xangai.

Com o tricampeão olímpico e mundial Bolt de fora, que alegou cansaço para não participar, o ex-campeão do mundo Gay enfrenta Asafa Powell, compatriota de Bolt, em Xangai.

Apesar da lesão na virilha, Gay marcou o terceiro tempo mais rápido de todos os tempos, 9,71 segundos, no mês passado, durante o campeonato mundial de Berlim, ocasião em que Bolt chegou ao impressionante novo recorde mundial com 9,58.

Gay insiste em afirmar que o próximo ano será diferente.

"Eu estarei em perfeita forma", disse ele. "Asafa estará em perfeita forma, então seremos capazes de conseguir melhores marcas e fazer corridas melhores."

Ex-recordista mundial, Powell, que levou o bronze em Berlim, foi menos otimista em relação à possibilidade de quebrar o recorde de Bolt, mas também espera uma temporada melhor em 2010.

"Nós não podemos quebrar o recorde mundial, mas nós definitivamente podemos tentar chegar o mais perto dele o possível", disse Powell.

"Haverá, como sempre, vitórias e derrotas, e só podemos desejar que sejam mais vitórias que derrotas."

Tudo o que sabemos sobre:
ATLETISMOTYSONGAY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.