Geor e Gia têm pedreira contra EUA

O torneio de vôlei de praia masculino pode ter uma final de brasileiros. Mas, para isso, Renatão e Jorge, que representam a Geórgia sob os nomes de Geor e Gia no idioma local, terão a difícil missão de vencer os americanos Rogers e Dalhausser na semifinal. Se os paraibanos naturalizados georgianos passarem, pegam uma das duplas de brasileiros que fazem a outra semifinal.A missão não é fácil. A dupla americana é tida como uma das favoritas, junto com os pentacampeões do Circuito Mundial, Ricardo e Emanuel. Mas Renatão e Jorge já surpreenderam nas quartas-de-final ao vencer os holandeses Nummerdor e Schuil, por 2 sets a 0. A dupla da Holanda estava invicta e os "georgianos" já tinham perdido duas partidas na fase classificatória. Além disso, treina no Brasil, com os compatriotas mais bem cotados, há mais de quatro anos.Essa é a primeira participação da Geórgia no vôlei de praia olímpico. Renatão e Jorge jogam pelo país desde 2006, quando o presidente Mikhail Saakashvili, cuja esposa foi jogadora de vôlei, concedeu a cidadania a eles. O convite para a naturalização foi, inicialmente, para que os brasileiros representassem a Geórgia no Circuito Mundial. Os "georgio-brasileiros" foram bem e chegaram a Pequim. Ao conseguir a vitória, Jorge correu para a arquibancada, na área onde ficam os mastros com as bandeiras dos países participantes, e gritou debaixo da bandeira georgiana num ato simbólico de reverência ao país que representa. A torcida aplaudiu. "Acredito que a torcida entendeu o nosso papel aqui", afirmou Renato durante a competição. "A gente estava representando outra nação, mas o coração é brasileiro." O sonho desses dois jogadores - e da dupla do feminino, também das brasileiras naturalizadas Cris e Andrezza - de participar da Olimpíada de Pequim quase foi interrompido por conta da guerra entre Geórgia e Rússia. A delegação georgiana ameaçou deixar os Jogos da China, mas acabou voltando atrás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.