George Foreman estréia como empresário de boxe

O lendário George Foreman anunciou seu primeiro projeto como empresário de boxe. Em outubro ou novembro, em Melbourne, na Austrália, o ex-campeão mundial vai reunir oito pesos pesados. Em uma noite, em sistema eliminatório, os pugilistas se enfrentam em três combates de quatro rounds. O campeão vai receber US$ 5 milhões.O?Neil Bell, Steve Cunningham e Alexander Dimitrenko, além do dinheiro, vão buscar credibilidade. Os veteranos Shannon Briggs e Ty Fields querem provar que suas carreiras estão longe da aposentadoria, enquanto Chris Byrd e Samuel Peter tentarão resgatar o prestígio perdido em lutas recentes válidas por título. Um oitavo lutador, que esteja ranqueado entre os dez primeiros do mundo, será convidado por Foreman nos próximos dias.?O boxe, como todos os esportes, precisa de novidades?, disse Foreman, que não perdeu a oportunidade para demonstrar mais uma vez seu bom humor. ?Eu teria vencido Muhammad Ali se o combate tivesse sido disputado em quatro rounds?, disse o ex-lutador, referindo-se à histórica luta de 1974, no Zaire, quando perdeu por nocaute no oitavo assalto o título mundial.Em maio do próximo ano, Foreman quer repetir o evento, em Nova York, só que com pugilistas da categoria dos médios.Depois que pendurou as luvas, Foreman teve sucesso como garoto-propaganda de uma marca de panelas, vendida em vários países, inclusive no Brasil. Estima-se que Foreman, além de aumentar o faturamento da empresa em mais de 3000%, recebeu aproximadamente US$ 100 milhões de cachê.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.