Ginastas brasileiras empolgam público

Foi apenas um pouquinho. E ficou a sensação de quero mais. A mostra que as ginastas da seleção brasileira feminina deram neste sábado, no palco do Teatro Guaíra, em Curitiba, deixou muita gente confiante de que novas medalhas de ouro estão por vir. Os temas, exclusivamente nacionais, além de contribuírem para melhorar os movimentos coreográficos, deram nova expressão facial a todas as meninas. A alegria brasileira estava estampada no rosto de cada ginasta, que foram entusiasticamente aplaudidas por cerca de 3 mil pessoas que lotaram os três balcões do teatro."Eu estava com um tema sério, agora é mais alegre", entusiasmou-se a detentora de 10 medalhas das etapas da Copa do Mundo, Daniele Hypólito. Com "Cidade Maravilhosa", sua música-tema, ela disse estar homenageando a terra onde treinou a maior parte de sua vida e o local do Pan-Americano 2007. "Vamos mostrar a cara do Brasil", ressaltou a novata Ethiene Franco, que se apresentou ao som do frevo "Vassourinha".Com pouco tempo para preparar as coreografias - menos de duas semanas -, as ginastas já deram um show. "Pude mostrar expressividade", comemorou Ana Paula Rodrigues, que deu vida a "Águas de Março".Laís Souza quer somente aproveitar a boa fase em que se encontra, em parceria com Ary Barroso, de "Aquarelas do Brasil". "A coreografia ficou muito bonita e a música foi bem escolhida", elogiou. Assim como Camila Comin, que chegou até a valsar ao som de "Carinhoso". "Este é um dia especial para a ginástica brasileira", registrou. Quando a principal estrela da ginástica brasileira, Daiane dos Santos, apareceu, o público já esperava o que acabou vendo: uma apresentação empolgante.O "País Tropical", de Jorge Benjor, substituiu com galhardia "Brasileirinho", de Waldir Azevedo. A coreografia ainda não está afinada, mas a cara do Brasil foi mostrada. "Aí está a alegria do povo brasileiro em todos os ritmos", disse Daiane. "Queremos que as pessoas sejam tão tropicais quanto nunca."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.