Ginastas comemoram parceria entre Flamengo e Niterói

Depois de terem as portas fechadas pela diretoria do Flamengo, na semana passada, os ginastas Diego Hypólito, Daniele Hypólito, Jade Barbosa e Victor Rosa ganharam um motivo para comemorar nesta segunda-feira. Graças a um acordo com a Prefeitura de Niterói, o clube da Gávea não vai mais fechar a equipe de ginástica, o que deu novo ânimo aos atletas. Feliz com o desfecho da história, o bicampeão mundial Diego Hypólito até mudou o discurso: deixou de lado as críticas da coletiva de sexta-feira, quando despediu-se do clube, e fez suas as palavras do presidente Márcio Braga. "Sei que o governo federal não incentiva o Flamengo como deveria", reclamou.Feliz da vida, Jade Barbosa anunciou que competirá neste ano na trave, para não forçar a contusão no punho direito. "Já é um incentivo." Daniele Hypólito disse que a notícia a fez misturar duas emoções. "Estou muito aliviada e com uma alegria sem tamanho", afirmou, resumindo um sentimento que parecia comum aos quatro ginastas.O patrocínio fechado na tarde desta segunda-feira no gabinete do prefeito Jorge Roberto Silveira (PDT) vai render ao clube, nos próximos quatro anos, R$ 80 mil por mês para bancar os custos da ginástica. De acordo com o prefeito, o investimento do dinheiro público no Flamengo servirá principalmente para ampliar um projeto para a ginástica no município, distante 13 quilômetros do Rio. Segundo ele, serão abertas várias escolinhas em Niterói e as crianças que se destacarem irão treinar na Gávea. Além disso, Diego, Daniele, Jade e Victor terão de participar de eventos em Niterói e dar clínicas para a garotada. Está praticamente fechado que a camisa dos atletas terá uma logomarca da prefeitura, que deve explorar outros espaços publicitários do clube.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.