Ginástica: americano pode perder ouro

A Federação Internacional de Ginástica (FIG) vai rever as notas dadas pelos juízes na final masculina do concurso geral individual do torneio olímpico de ginástica artística, disputada na última quarta-feira e que deu a medalha de ouro ao norte-americano Paul Hamm.O italiano Bruno Grandi, presidente da entidade, convocou nesta sexta-feira, em caráter extraordinário, o Comitê Executivo da FIG para fazer ?a análise imediata do concurso completo masculino?, de acordo com o comunicado divulgado. Segundo informou a nota, ?no caso de terem sido cometidos erros na classificação, serão tomadas medidas adequadas imediatamente?.A FIG puniu nos últimos anos vários juízes por não pontuar de forma adequada os exercícios, mas na modalidade de ginástica ritmica, cuja avaliação é mais subjetiva do que na ginástica artística.Paul Hamm ganhou com 57.823 pontos e os sulcorea Kim Dae Eun e Yang Tae Young conquistaram a prata e o bronze, com 57.811 e 57.774 pontos, respectivamente. As medalhas foram decididas no último aparelho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.