Ginástica: Daniele vai ser reintegrada

Depois de quase três meses longe da seleção permanente de ginástica, Daniele Hypólito selou as pazes com o técnico ucraniano Oleg Ostapenko e será reintegrada à equipe nacional na quinta-feira, no Rio. Os detalhes do retorno de Daniele foram tratados neste sábado, em Curitiba, em uma reunião de cerca de duas horas. Nela estavam a ginasta, o técnico, representantes da Confederação Brasileira e Roberto Santos, diretor do Flamengo, que intermediou o encontro. Segundo o dirigente, Daniele está feliz por ter sido aceita e sentiu que havia clima favorável para seu retorno. "Sua saída foi uma situação atípica com um final feliz, em que todos aprenderam", disse. Daniele deixou a seleção em abril, quando foi preterida pelo técnico na disputa do solo na etapa brasileira da Copa do Mundo. A atleta, que passou por uma artrocospia no tornozelo recentemente, está treinando e deve estar totalmente recuperada em duas semanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.