Marcos de Paula/AE - 29/9/2009
Marcos de Paula/AE - 29/9/2009

Ginástica do Brasil aposta em novo consultor bielo-russo

Vladimir Vatkin já participou de 16 Mundiais e ajudou o Brasil nos ajustes finais para o Mundial

AE, Agência Estado

13 de setembro de 2011 | 16h46

RIO - A seleção brasileira masculina de ginástica artística está confiante para conquistar, no Mundial do Tóquio, no começo do próximo mês, a vaga para os Jogos Olímpicos de Londres. Do dia 22 de agosto até o último sábado, foram 20 dias de rotina pesada de treinos no Flamengo, visando aprimorar a forma técnica e física dos principais ginastas do País.

Os treinamentos foram acompanhados pelo novo consultor técnico da Confederação Brasileira de Ginástica, o bielo-russo Vladimir Vatkin. "Somente a bagagem que ele tem já contribui. O Vladimir já participou de 16 Mundiais e, com sua visão internacional da ginástica, nos ajudou bastante nesses últimos treinos, que foram utilizados para ajustarmos os detalhes, eliminarmos os erros das séries e trabalhar o psicológico dos ginastas", comentou Marcos Goto, um dos técnicos da seleção, que esteve no Rio durante todo o período de preparação, acompanhado dos ginastas

Francisco Barreto, Sérgio Sasaki, Pétrix Barbosa e Péricles Silva. Diego Hypolito, Arthur Zanetti e o treinador Renato Araújo também estiveram com a seleção no Flamengo, mas se ausentaram por alguns dias porque participaram, neste meio tempo, da Copa do Mundo de Ghent, na Bélgica. Vitor Rosa também teria viajado, foi inscrito na competição, mas não competiu porque estava machucado.

O Mundial, que acontece entre os dias 7 e 16 de outubro, no Japão, classifica as oito primeiras classificadas por equipes para os Jogos Olímpicos de Londres. As seleções que terminarem entre o nono e 16.º lugar vão disputar um torneio em janeiro, onde mais quatro vagas estarão em jogo para a Olimpíada. A expectativa é por um bom desempenho já em Tóquio.

"A seleção evoluiu tecnicamente. Passamos esse feedback para os meninos, e estamos com ótimas expectativas A equipe está completa, sem nenhuma lesão grave. Somente o Vitor Rosa ainda está se recuperando, mas ganhamos bastante com a volta do Diego e do Arthur, que não competiram no Mundial de 2010", destacou Marcos Goto. A delegação brasileira embarca para o Japão no próximo domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.