Ginástica: Entusiasmo fez o som parar

Foi o entusiasmo e a torcida dos técnicos de som que fizeram a música Brasileiro parar quase no fim da coreografia de solo de Daiane dos Santos. Um entusiasmo de fãs que estavam trabalhando e que, por pouco, não atrapalha Daiane dos Santos. "O problema foi que o povo lá em cima começou a pular demais e aí o aparelho de CD parou. O pessoal que está no som começou a torcer muito, pular na hora da série, e o CD pulou", explicou a diretora de seleções da Confederação Brasileira de Ginástica, Eliane Martins. A dirigente disse que o som não poderia ter falhado. Admitiu que essa foi uma falha grave, mas não pensava em reduzir o cachê do pessoal contratado para cuidar do som. "Se ela não tivesse ganho eu ia pensar no que fazer". Eliane disse que o episódio não chegou a comprometer a apresentação porque Daiane é experiente. "Ela começou a mexer o braço até decidir continuar. Foi a melhor decisão porque se parasse teria de voltar em seguida e repetir a série toda."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.